Você sabia que cavalo vai ao dentista?

ODONTOLOGIA EQUINA – PANORAMA ATUAL
Nos meados dos anos 90 quando se falava em odontologia equina, essa especialidade era resumida a três procedimentos específicos: o nivelamento de arcada dentaria (grosar os dentes), retirada de dentes de lobo e correção de fraturas dos dentes incisivos. Hoje sabemos que o procedimento odontológico realizado de forma correta além de promover o bem estar animal, incrementa a performance do equino, fazendo que seja até o ponto de desequilíbrio quando o assunto são as provas funcionais. Além disto, é consenso se considerar a importância de um tratamento dentário correto na prevenção da ocorrência de cólicas e na promoção de condições para uma digestibilidade adequada.

Estudos recentes relatam que os problemas dentários acometem 80% dos equinos embaiados e já são a terceira maior causa de chamado do médico veterinário especialista nos EUA. Os fatores mais comuns para que o procedimento odontológico seja realizado são: a perda de peso, aumento da salivação e cólicas recorrentes, os quais todos repercutem no decréscimo de rendimento. Hoje na nossa rotina os fatores os quais mais somos chamados além desses já citados são os dentes de lobo persistentes e o não aceite ao arreio imposto pelo treinador/cavalariço sendo estes os que mais nos pedem o serviço. O treinador sabe que um cavalo com a boca saudável terá muito menos desconforto quando for iniciar a doma fazendo o serviço render mais ocasionando sucesso nas pistas.
No entanto devemos ter cuidado, pois o habito de “fazer a boca” praticada por leigos e/ou profissionais sem experiência aliado ao fácil acesso as máquinas elétricas o resultado pode ser catastrófico já que um tratamento dentário inadequado pode ser tão prejudicial à digestibilidade e contribuir para a ocorrência de cólicas quanto à alteração prévia ao tratamento. Adicionalmente, é necessária a utilização de um instrumental odontológico adequado, evitando-se os improvisos, que podem resultar em lesões dentárias, nos tecidos moles orais ou na articulação têmporo-mandibular.

Portanto concluímos que a odontologia é uma realidade e os maiores haras já possuem no seu cronograma anual este serviço como rotina. É um procedimento complexo muito além de “fazer os dentes” ou “tirar um dente de lobo” e tem como objetivo sempre um ajuste oclusal que determine uma oclusão funcional ideal.

 

tabela-procedimento-odontologico

 

no-galope-clinica-do-rancho