Kiko Pereira

O Papo com os Feras de hoje é com o vaqueiro Francisco José Costa Pereira, o famoso Kiko Pereira, Campeão Nacional Amador ABQM 2012. Aos 28 anos, o cearense lança uma nova forma de competir vaquejada, sendo um amador patrocinado pela Integral Mix, empresa ligada ao agronegócio. Vaqueiro desde os 17 anos de idade, Kiko revelou ao No Galope um pouco mais sobre seu dia a dia.

Siga a entrevista exclusiva:

– A categoria Amador da Vaquejada cresceu muito nos últimos anos. Qual a razão desse crescimento?

A Vaquejada é o esporte equestre que mais cresce no Brasil, com isso a popularização do esporte esta cada vez maior. Cada vez mais as pessoas estão assistindo e acompanhando os resultados pela internet.

– Grandes empresas e equipes profissionais têm apoiado equipes amadoras. A Integral Mix é uma delas, pois além de te incentivar, faz um circuito de vaquejada apenas para amadores. Como é correr pela categoria amador sendo patrocinado? 

Correr na categoria amador e contar com o patrocínio da Integral Mix é unir útil ao agradável. É muito importante ter patrocinadores, pois o nosso esporte está cada vez mais caro, e o patrocínio auxilia estarmos presentes num número maior de vaquejadas.

– Quais são seus principais títulos e animais de destaque que você já montou?

 Meus principais títulos são os primeiros lugares em Sobral/2011, Parque Arrocha o Nó/2011, Itapebussu/2012 e Campeonato Nacional ABQM/2012. Os animais destacados em minha sela são Tsunami Power, Leão e Bijuteria Time Six, égua com a qual fui Campeão Nacional ABQM ano passado.

– A Bijuteria Time Six é uma égua com linhagem de corrida. Conte-nos um pouco sobre sua preferência entre animais de corrida e/ou trabalho.

Em minha opinião, o cruzamento ideal para a vaquejada é a junção das linhagens de corrida e trabalho

– Qual a sensação de derrubar um touro com mais de 20 arrobas e sagrar-se campeão do esporte equestre que mais cresce no Brasil?

A sensação é realmente muito boa. Quando nos dedicamos ao esporte e conseguimos o título de campeão, a sensação que fica é de realização.

– A amizade que existe entre os vaqueiros amadores não é novidade. Qual a sensação de estar numa disputa contra Paulinho de Cuca, Ruy Guerra, Fernando Lucena, etc?

Estar competindo com estes feras torna a disputa ainda mais emocionante. Uma das maiores vantagens que a vaquejada traz são as amizades.

– Quais seus planos para 2013? Dentre eles está incluso correr as etapas do CPNV – Campeonato Portal Na Vaquejada – e disputar o título com os atuais favoritos Gera Guerra e Pedro Militão?

Ainda não sei se poderei acompanhar o CPNV. Acho o favoritismo de Gera Guerra e Pedro Militão merecidos, pois são dois grandes competidores.

– Fora da “vida de gado”, o que Kiko Pereira gosta de fazer?

Fora das competições gosto de receber meus amigos em meu sítio, o Pereira´s Ranch.

– Você como um bom seguidor do Twitter, nota uma boa repercussão de seus feitos nas mídias sociais? 

Com certeza. Atualmente as mídias sociais são a forma mais rápida de passar informações.