Cuidados básicos com o potro recém-nascido

Os primeiros momentos após o nascimento são primordiais para qualquer que seja a espécie. Os equinos em específico , apesar de aparência robusta e forte são animais de extrema fragilidade, e os primeiros cuidados ao recém nascido são determinantes para uma saúde posterior.

No momento que o potro vem a estar no chão, os seguintes cuidados são necessários: tentar manusear o mínimo o animal, se isso for necessário estar com as mãos, antebraços e roupas limpos e que não tenham tido contato anterior com animais doentes, evitar manusear boca e narinas do recém nascido, aguardar o animal ficar em pé, assim que isso ocorrer é indicado a administração de um enema, para facilitar a saída do mecônio (primeira fezes do potro), este enema pode ser comprado em farmácias veterinárias ou humanas ou em sua ausência pode ser substituído pela administração de uma seringa de 15ml de óleo vegetal.

Observar se o animal consegue mamar e se está pegando os tetos de forma adequada, é de extrema importância que o potro ingira uma quantidade adequada nesta primeira mamada, que é quando é liberado o colostro que é a primeira fração do leite e rica em anticorpos que serão responsáveis pela imunidade do potro, e por fim e importante que se ‘’queime ‘’ com iodo o coto umbilical (umbigo) afim de evitar que seja uma porta de entrada para bactérias e que possa ocorrer uma infecção no potro, a queima do umbigo com iodo deve ser feita no dia do nascimento e aproximadamente nos próximos 3 dias, uma vez ao dia até que o umbigo aparente estar seco.

 

Bruna B. Zaharov Simon
Proprietária Haras WS e Médica Veterinária
CRMV-SP 32464